sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

acaso


Tudo começou em um acaso
Um belo dia ah! Que lindo dia
Te encontrei! te toquei , Dizia esta só 
Foi então que te acompanhei
E em silêncio caminhamos
Segurei a sua mão 
Percebi que num acaso
A sua mão deslizou
E o silencio quebrou 
Quando as suas mãos 
Com muita suavidade
O meu rosto segurou 
E em um momento lentamente
Os seus lábios tocaram os meus
E foi assim em pensamento 
Intensamente que viajei
Nem sei se agora estou triste
Ou se acaso sonhei
Só sei que você existe
Na minha vida na poesia

Seu nome


Quando essa boca disser o seu nome, venha voando
Mesmo que a boca só diga seu nome de vez em quando
Posso enxergar no seu rosto um dia tão claro e luminoso
Quero provar desse gosto ainda tão raro e misterioso do amor...
Quero que você me dê o que tiver de bom pra dar
Ficar junto de você é como ouvir o som do mar
Se você não vem me amar é maré cheia, amor
Ter você é ver o sol deitado na areia
Quando quiser entrar e encontrar o trinco trancado
Saiba que meu coração é um barraco de zinco todo cuidado
Não traga a tempestade depois que o sol se pôr
Nem venha com piedade porque piedade não é amor 

Abraça-me assim


Quando sinto seu corpo
no meu aconchegado
num carinhoso abraço 
sinto algo que nem mesmo
sei descrever, sinto um conforto
tão suave, tão doce e gostoso
com suas mãos me acariciando
se corpo em mim colando, sussurrando
abraça-me assim, vibrando
ao se acariciar, se excitando
e gradativamente, me apertando
abraça-me assim, com ardor
abraço de desejo perfumado
abraça-me assim, excitação respirando 
em onda de calor nos esquentando 
aguçando o libido
um corpo ao outro suplicando
corações palpitando
os sexos pulsando
abraça-me assim, se entrelaçando
corpos se amoldando
ao amor se entregando 
as intimidades se desnudando
os sexos se abraçando
abraça-me assim, possuindo
seu desejo o meu envolvendo 
abraça-me assim, languidamente dançando
a canção que emana do nosso amor
abraça-me assim, em mim dançando
ao êxtase nos entregando
palavras de amor sussurrando
abraça-me mais forte, abraça-me assim
abraça seu prazer em mim.

Vida pra ser vivida


Temos uma vida, uma só vida
para ser vivida
não para ser perdida 
nas esterilidades cultivada
Mas com sentimentos sadios
em todos momentos
sem sentimentos doentes
que somente consomem a gente
Ódio, tristeza, inveja e outros
apenas fazem mal a quem sente
Semeie carinho, serás querido
plante respeito serás admirado
Fale apenas nas falas do amor
desde o mais singelo pensamento
regando as flores do seu caminho
nos jardins de sua senda
Olhe de cima para baixo, para ajudar
olhe baixo para cima para orar
com humildade, sem o verbo humilhar
Orgulho do que tens de bom para dar
Oferecer a mão em qualquer direção
Ouvir para aprender a falar
Olhar para saber ver
Dar sem pensar em receber
Sempre sua parte fazer
tudo que receber , agradecer
Aceitar a vida como ela é
Aceitando você e o outro como ele é
Sempre no auto-conhecimento perseverar
Para o Ter e o Estar conciliar
Para a dualidade harmonizar,
Paz e a Felicidade a vida cultuar.

Eu, modo de usar


Pode invadir ou chegar com delicadeza
mas não tão devagar que 
me faça dormir
não grite comigo que tenho o 
péssimo hábito de revidar
acordo pela manhã com ótimo humor
mas permita que eu escove 
os dentes primeiro
toque muito em mim, 
principalmente nos cabelos
e minta sobre a minha nocauteante beleza
tenha vida própria,
me faça sentir saudades
conte umas coisas que me façam rir
mas não conte piadas
nem seja preconceituoso, 
não perca tempo 
cultivando esse tipo de herança 
dos seus pais
viaje antes de me conhecer, 
sofra antes de mim
para reconhecer-me um porto, 
um albergue da juventude
eu saio em conta, 
você não gastará muito comigo
acredite nas verdades que digo 
e nas mentiras
elas serão raras e sempre
por uma boa causa
respeite meu choro, 
me deixe sozinha
só volte quando eu chamar, 
e não me obedeça sempre
que eu também gosto de 
ser contrariada
(então fique comigo quando eu chorar, 
combinado)
seja mais forte que eu 
e menos altruísta
não se vista tão bem, 
gosto de camisas pra fora da calça
gosto de braços,
gosto de pernas e muito de pescoço
reverenciarei tudo em você 
que estiver a meu gosto
boca, cabelo, os pelos no peito 
e um joelho esfolado
você tem que se esfolar às vezes, 
mesmo na sua idade
leia, escolha seus próprios livros,
releia-os
odeie a vida doméstica e os 
agito noturnos
seja um pouco caseiro e um 
pouco da vida, não de boate
que isso é coisa de gente triste
não seja escravo da televisão, 
nem xiita contra
nem escravo meu, nem filho meu, 
nem meu pai
invente um papel pra você que ainda 
não tenha sido preenchido
e o inverta às vezes,
me enlouqueça uma vez por mês
mas me faça uma louca boa, 
uma louca que ache graça
e tudo que rime com louca: 
loba, boba, rouca, boca
goste de música e de sexo, 
goste de um esporte não muito banal
não invente de querer muitos filhos, 
me carregar pra missa
apresentar sua família, 
isso a gente vê depois, 
se calhar
deixe eu dirigir seu carro, 
aquele carro que você adora
quero ver você nervoso, 
inquieto, olhe para outras mulheres
tenha amigos e digam muitas 
bobagens juntos
não me conte seus segredos, 
me faça massagem nas costas
fume, beba, chore,
eleja algumas contravenções, 
me rapte
se nada disso funcionar
experimente me amar.

Delírios do amor


Quero sentir os seus lábios 
tocarem no meu, 
para que possa provar 
o doce sabor dos teus beijos 
embriagando minha alma de prazer.

Vá, Siga em Frente!


Chega disso. 
Vai mesmo deixar a oportunidade de ser feliz passar?
Chega dessa covardia.
Pega o telefone, liga e pede desculpa.
Vale a pena perder um amor para satisfazer um inútil orgulho?
Chega disso.
Abre a porta, sai pra fora e corre atrás.
Aperta a companhia, chama o nome e diz que ama.
Canta, faz serenata, entrega flores.
Siga em frente e não desista.
Diz que ama, diz que não quer ficar só.
Deus te deu e ninguém toma.
Mas faça a sua parte.
Vá, siga em frente.
Joga o orgulho no lixo.
Procure perdoar, entender e assumir o seu amor.
A vida é curta.
Mas pode ser vivida com muita intensidade.
Vá, siga em frente.
Ainda não é tarde demais.
Ainda é hoje, é o presente.
Vá, não seja covarde.
Recomece.
Melhore.
Viva com amor e coragem.
Ame a Deus e conte com ele.
Impossível?
Jamais. Não existe.
Deus pode fazer.
Vá, siga em frente e seja feliz.
Deus está no controle! 

Felicidade


Ser feliz é dar à vida o seu próprio valor.
Nunca subestimá-la mas compreender,
que é apenas uma escada que galgamos,
em busca da eternidade!
Ser feliz! É ajudar a quem necessita de
ajuda,sem esperar recompensas;é proporcionar
confiança aos corações vazios...
É dar um pouco de se,não apenas pelo
prazer de se dar, mas pela alegria  sincera
de ver a felicidade estampada no rosto de alguém!
É ser apoio dos mutilados,arrimos dos que
cambaleiam,luz dos que não enxergam,alento
dos desanimados.
Ser feliz!
É andar e saber dirigir os passos...É ver com
os olhos do corpo ou com os da alma..
É sorrir, mesmo quando estamos tristes,desde
que esse sorriso possa dar um pouco de alegria,
a alguém...é cantar embora na dor. Mas que esse
canto transmita otimismo,que leve uma mensagem
de fé e de esperança...
Ser feliz!
É amar...saber amar...ter capacidade de amar!
É perdoar..ter capacidade de perdoar.O perdão
esmaga a vaidade, o orgulho. a arrogância a
vingança,o ódio.O perdão esmaga as fontes de
toda infelicidade do mundo!
Ser feliz...é crer!
No amor,na bondade, no perdão, na caridade,
na justiça, na sinceridade, na pureza de uma criança, na ternura de uma carinhosa Mãe,e sobre tudo, crer em Deus,a fonte de toda a alegria;o caminho,a verdade,a vida!
 ser feliz é ter capacidade de sufocar o egoismo e
 oferecer um pouco de si aos que sofrem,aos que
 anseiam pelo conforto de uma visita ou de uma
 companhia! 

Porto Seguro


Por tantos mares naveguei
tantas tempestades enfrentei
a tormentas, furacões, sobrevivi,
na busca de um mar sereno
para meu coração inquieto
navegar,por paixões
muitas delas ilusões
quantas vezes me enganei
me confundi...
também creio..iludi
Fui seduzido, seduzi
me deixei conduzir. também conduzi
fui enganado, também enganei
e poucas vezes me encontrei...
E a navegar continuei...
nos mares dos sentimentos
também nos do prazer
e na maioria mais vazio, fiquei
Até que um dia sinais de terra firme , vi
carinhos, ternuras...afetos , senti
a praia das paixões
a brisa marinha do desejo
o barulhar do prazer...
o delírio das aves a cantar
as águas mansas da ternura
tudo que sonhava, que quero
Um porto seguro
e esse porto,
asseguro
é tudo que quero
Você.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Sem você não tem razão de ser


Eu queria não ter que me lembrar de você na minha pele.
Teu gosto.
Teu cheiro. 
Teu suor.
Está tudo impregnado em mim.
Tuas digitais marcadas em meus seios. 
Sinto no relevo da minha pele cada parte do meu corpo que você tocou. 
Não adianta lavar.
Nem a bucha já gasta de tanto esfregar meu corpo conseguiu tirar você de mim.
Invadiu meu ser.
Está dentro e fora. 
Meu corpo fica exalando você o tempo todo. 
Já não resta em mim nada que não venha de você. 
Mas é tudo resquício. Foi só o que ficou. 
É a forma do meu corpo pedir por você mais uma vez.
O excesso.
Aquilo que transborda. 
Tudo o que borbulha. 
O que vai além do limite. 
Todos os suspiros.
O pleno gozo.
O temível vacilo. 
Todos os gritos. 
A prazerosa gargalhada. 
A chama ardente. O frio gélido. 
A indiferença do querer.
Sou eu sem me ser. Sou sem me sentir. 
Sou o avesso de tudo o que fui. 
Sou a própria máscara posta do lado avesso prestes a ruir,
Estas sensações 
Que sempre me fizeste sentir
Amor venha logo 
Por favor
Quero estar com você 
Do contrário, não tem razão de ser 

Se não tiver amor nada serei


Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé; a ponto de transportar montes, se não tiver amor nada serei.
E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se recente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e em parte, profetizamos.
Quando, porém, vier o que é perfeito, então o que é parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente, então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

De tanto te amar ...


Eu te amo tanto que tenho medo.
Medo do tamanho deste sentimento.
Medo de te perder.
Medo da profundidade do meu envolvimento.
Medo da nossa relação morrer.
Não sinto insegurança, eu nem sei dizer.
Não é falta de confiança, você
tem sido meu porto seguro.
O que sinto se traduz num medo...
Medo de repente não ter mais você.
Talvez seja um mal de quem tem muito amor.
Ou quem sabe um pressentimento ruim.
Meu medo é o medo da dor,medo do fim.
Mas não quero mais pensar em sofrer,
muito menos por antecedência.
Nem vou deixar de te amar e nem de me envolver.
Meu medo é razão de muito amar.
Medo de quem muito se dá.
Mas se para te amar eu preciso temer,
serei medroso até morrer.

Incondicional


Dou um ano da minha vida para olhar mais uma vez os seus olhos. 
Dou dez anos da minha vida para beijar a sua boca.
Dou vinte anos da minha vida para ter seu corpo no meu. 
E se ainda tiver mais um tempo de vida ele será todo seu. 
Em um só tempo te escolhi, escolhi para um amor sem fim.
Me escolhi para você e você para mim.
Hoje ao seu lado estou sentada, e eu não quero mais nada além de te ver assim.
E um dia se a juventude for embora, e for passada a aurora, terei essa imagem eterna para mim.
E se um dia você não voltar, atravessarei o além da vida para poder te encontrar.
Incondicional nada mais é, do que amar.

Voltar


Quando você tem que partir 
Tenho vontade de pedir para não ir
Quando eu tenho que partir
Desejo não precisar ir
Queria te amar mais um pouco
Sentir esse amor louco
Sentir queimar essa paixão
Que aquece o coração
Se eu fosse desenhar o mundo
O mundo não seria assim
Seria eu te tendo todo para mim
Eu faria um jardim do éden novamente
E te amaria loucamente
O mundo não seria assim
Eu não teria que partir
Você não teria que ir
O que poderia ter acontecido
É que eu teria lhe dado o fruto proibido
E o mundo seria novamente assim.
Esperando toda manhã você voltar para mim.

Um beijo apenas...


Quero apenas um beijo!
Quero apenas, tocar os teus lábios...
Quero que os meus lábios sejam teus,
Inteiramente, somente, teus!
Quero um beijo apenas,
Um beijo, daquele jeito, todo teu!
Daquele jeito meigo de beijar...
Daquele jeito suave de acariciar...
Daquela maneira gostosa de me reter,
Daquela maneira, tão tua, de se dar!
Um beijo apenas,
Eu quero agora!
Antes que se esvaiam as horas,
E eu deixe de contigo sonhar

Razão sem noção


Hoje tentei não pensar em você...
Quanto mais eu tentava
Mais eu pensava...
Como não pensar?
Senti-me frustrada
Angustiada, desiludida e mal amada
Que terrível sensação de derrota
Mas o que vou fazer, sou besta de nascença
Criei uma meta pra minha vida
Fiz planos e ainda prometi seguir a risca
Que risca?Saiu tudo torto...
Minha meta foi pro ralo no primeiro banho
Ao menor sinal de dor de saudade
Estava eu com você na cabeça
Deixando a razão ao vento que uiva lá fora
E conclusão. Cá estou no meu lamento...
Isso virou meu tormento, nem eu me aguento
Tem dias que desejo um mal de Alzheimer 
Que loucura é essa de minha cabeça?
Preciso ficar lúcida 
Pra não ficar louca
Mas como?Você faz parte de mim
Você é minha razão ,sem noção
E só morrendo pra não pensar em você

Porque te amo


Ousei pensar ser invencível 
Porque te amo 
Vi a vida mais fácil 
Porque te amo 
Me olhei e achei ser única 
Acreditei em mim. 
Porque te amo 
Experimentei sensações 
De vida eterna 
Porque te amo 
Pedi forças pra Deus, 
Enfrentei meus medos. 
Porque te amo 
Conversei com o além 
Que me ajudou a vencer morte 
Porque te amo 
Quebrei a barreira da vida 
Ultrapassei a fronteira do certo e do errado 
Perdi a noção do espaço 
É verdade, sofri, 
Mas o Amor em mim, 
Se transformou em Luz! 
Me ajudou, a não me perder 
Por te amar demais 
Senti as forças do universo 
A força de Deus atuando em mim 
Sobrevivi 
Porque te amo 
Estou aqui, 
Porque te amo, 
Viva 
Pronta pra vida.