O amor não morre, se transporta


Na separação de um grande amor
O mundo escurece fica sem brio
Choram os corações murcham as flores
Tudo e tudo! Perde os sentidos...
Voam os sonhos nas asas do vento
As lágrimas transbordam do peito
A saudade dolorosa suscita na mente
Matando a vida com seus torpedos.
O peito ferido inflado na dor
Congela apressada a alma plangente
Tocam suas musicas de horrores
Mata as fontes dos sentimentos.
Amor é assim do mundo faz parte
As lágrimas são eflúvios imortais
Chorar faz bem fere e acalma
O coração aureolado de saudade.
Diz! O amor não morre se transporta.
É verdade! O amor fica vivo no coração.
A saudade torna-se companheira nobre
Chorando lágrimas de sangue e solidão.

Comentários

Postagens mais visitadas