segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Amor verdadeiro


Existe uma estrada muito longa chamada 'amor', essa estrada está do lado, bem perto, da estrada da vida.
Percorremos a estrada da vida desde o momento em que nascemos, mas não podemos ainda percorrer a estrada do amor.
Quando nascemos nos falta um pedaço de nós mesmos, que ainda não temos, para que 
possamos encontrar e andar por essa estrada chamada amor. Pois apesar de tão perto é 
impossível de caminhar sozinho.
Ao longo da nossa vida procuramos por este pedaço que nos falta diariamente. Alguns procuram, procuram pela vida toda sem sucesso; outros tem sorte: quando estão bem velhinhos 
à encontram; mas existem algumas pessoas que são guiadas por uma luz lá no céu e têm mais sorte ainda: desvendam o caminho para essa estrada quando estão jovens ainda.
Ao longo dessa estrada encontramos a cada dia a felicidade, a saudade, o sorriso no rosto do 
outro, aquele calor dentro do peito, aquele sensação tão boa quando lembramos um do outro, 
a sensação de bem-querer.
Percorrer essa estrada é como receber um presente divino, pois o amor verdadeiro nada mais 
é do que parte do próprio Deus em meio aos humanos.
No entanto um presente divino não é tão fácil receber assim, ainda mais um presente desses, 
para continuarmos sempre a recebe-lo temos que merece-lo. Por isto está estrada, a estrada 
do amor, é cheia de barreiras, que nos juntos aqueles que a percorrem tem que passar por 
cima a todo o tempo, em todo os momentos. Nessa estrada também existem 'demónios' que 
tentaram te desviar do caminho dessa estrada.
Mas dêem as mãos, fechem os olhos e lembrem-se: o amor verdadeiro não é apenas um 
sentimento, o amor verdadeiro é uma construção.
Lembrem-se e olhem para os céus pois enquanto houver fé nesta construção conjunta existirá 
sempre um anjo guiando aqueles que de todo coração percorrem essa estrada.
Assim como o anjo Gabriel guiou os Três Reis Magos ao menino Jesus, há um anjo no céu 
guiando aqueles que decidem de corpo, alma e coração percorrer, um arcanjo chamado 
'Amor'. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário