sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Uma luz a brilhar


A chuva me faz observar...
Faz-me sentir as gotas caírem
Fazendo soar a vidraça da janela
Donde pouca coisa se ver.
Vejo muito mais além do que eu posso pensar.
Vejo o amor passar como um vento rapidamente
Em uma suave brisa ventilando o meu coração...
Que estava quase a parar... Então...
Vejo o teu olhar olhando para mim!
Deixaste tristeza, sim muitas,
Magoas, talvez, mas você deixou muito mais...
Deixou a saudade do que vivemos!
Você foi um alento nos meus dias de angustia.
É estranho, como você consegue me tocar,
Deixar-me desnuda mesmo quando você
Não tem nada para dizer.
Você toca o meu coração de uma maneira
Que me deixa perplexa.
Isso que é viver a paixão dos enamorados.
Não há nada que me faz voltar atrás
E esquecer-se do meu mundo de sonhos...
Mesmo com a chuva caindo,
Não da para esquecer o brilho do sol...
O teu sol; brilhando para mim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário