Etérea



Os pés nem alcançavam o chão...
as mãos tão pouco encontravam o céu.
Bastou um simples toque,
um pequeno vestígio de paixão...
...e o coração,
antes sem via e nem rumo,
acelerou.
A alma criou asas,
fez-se leve...
Voou! 

Comentários

Postagens mais visitadas