segunda-feira, 22 de abril de 2013

A estreita janela da percepção



Triste é perceber,que nem sempre acertamos a verdade que acreditamos ter encontrado em outro olhar.
Às vezes fragilizamos a nossa sensibilidade,
enganando-nos na leitura de outro coração.
Tal qual como pela visão de uma janela,
vamos tentando captar com a percepção,
a difícil leitura de almas, de posturas, de atitudes,
de carinhos, de falsidades, de soberbas...
Na estreita janela da percepção,
o coração adestrado simbolicamente pelo tempo,
consegue captar quase que totalmente,
o mistério que envolve o olhar do outro.
O aprendizado na sobrevivência emocional da vida,
nos leva a aguçar o olhar em sintonia com o coração,
para chegar finalmente à estreita janela da percepção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário