Retalhos da vida



Me recordo em algum período não muito longínquo
De momentos belos, juntos passados
Do teu olhar matreiro me observando
De teus lábios sorrindo timidamente
De tua boca sugar a minha num beijo de loucos
De tuas mãos atrevidas meu corpo percorrerem
De tua graciosidade no andar me encantar
Da tua persistência me impressionar
Estas e outras “virtudes” fizeram de ti a mulher eleita
No meu coração só tu cabes
Quero voltar a viver de novo todas emoções
Com intensidade e que seja para sempre

Comentários

Postagens mais visitadas