domingo, 18 de novembro de 2012

Desejo amor...



Pouco me importa a hora,
Nada importa lá fora...
O tudo é agora, é você...
Que com os braços me retém,
E com abraços me aprisiona...
Que com o corpo me devora!
Eu que sei o preço que pago, na solidão,
Sei o que sinto quando estou contigo...
Aprisionada em tuas mãos...
Languidamente sob teu corpo, largada...
Sendo devorada... Por tua fome feroz!
Pouco ou nada me importa a hora,
Nada me importa lá de fora,
O tudo é o agora, é você que prendo com as mãos...
Que retenho em meus pecados,
Donde tira bocados,
Para saciar tua fome atroz!
Estamos sós e nada mais importa agora...
Só eu sei o preço que pago, quando vago na solidão!
Sei o que sinto quando estou contigo,
Mordiscando tuas orelhas,
Murmurando em teus ouvidos:
Ama-me um pouco mais, agora!
Antes de ir embora,
Antes de deixar-me outra vez tão só! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por você existir !!!

Escolhi você, porque faz parte do rol de amigos que sempre que possível, se faz presente em meu espaço. Escolhi você, porque me faz senti...