sábado, 3 de novembro de 2012

Bilhete do coração



Andando de cabeça baixa 
Pensando e refletindo sobre o amor,  
Pensei tão alto!  
Até que, num piscar de olhos,  
Os meus desejos e pensamentos 
Cruzaram as nuvens 
E as infinitas estrelas 
Até chegarem às mãos de Deus, 
Feito um pedacinho de papel 
Que o vento levou...  
Selado 
Com todo amor e ternura  
De um eterno apaixonado.  
Ao abrir meu bilhete 
Deus pode perceber
O que me faltava.  
Foi então que ele recolheu    
O brilho das estrelas
E transformou num lindo sorriso...   
Do perfume e estrutura das flores  
Ele, delicadamente, criou  
Um ser perfeito,  
Exalando o aroma  
Do seu  jardim predileto,  
Composto com o esplendor do sol  
E com o encanto do luar.  
Formou a verdadeira preciosidade  
Do universo, 
A pessoa que iria me completar.   
Não demorou muito.  
Quando eu andava distraído,
E como um raio de sol você surgiu
Olhou-me e sorriu.     
Tudo em mim,
O que era preto e branco, 
Você coloriu.  
Você era perfeita  
Igual ao que estava escrito  
No bilhete do coração  
Que dei para o criador.    
Hoje só ando de cabeça erguida
Agradecendo  a Deus 
Por ter uma mulher como você,  
Feita, sob medida, só para mim! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário