terça-feira, 23 de outubro de 2012

Você



Um soprar do vento calmo
uma sementinha no jardim do meu coração lançou.
A sementinha era você.
Com amor a plantei,
com sonhos a reguei,
com esperança a cultivei.
A mais bela flor desabrochou, a flor do amor.
Você, meu amor de primavera,
desperta os meus mais profundos sentimentos,
torna minha alma leve como pluma solta ao vento.
Este seu sorriso puro
desperta minhas esperanças,
escondidas num cantinho qualquer de um desencanto. 
Suas palavras dóceis e carinhosas,
me transmitem a paz que a vida já não continha.
Teus gestos simples, maneira cativante,
abrem portas para um novo horizonte,
cheio de vida encanto e magia.
No brilho dos teus lindos olhos
encontro a minha alegria, a tempo perdida.
Tua presença, amor da minha vida,
é a razão deste sorriso sincero em meus lábios,
do brilho que vem do meu olhar,
desta vontade de viver cada minuto intensamente
como se fosse o último a ser vivido.
Você, simplesmente você,
é um pedacinho de cada coisa bonita,
de esperança, ternura, sonhos, amor...
que a vida pode transmitir e oferecer.
Por tudo isso e muito mais,
tua simples presença,
teu sincero amor,
me fazem gostar de viver,
mesmo com todos os espinhos que possam me ferir.
Você meu singelo amor,
eu amo te amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário