segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Sensação de medo e excitação.



Enquanto minhas mãos passeavam pelo corpo teu,
Senti novamente aquela primeira emoção,
Aquela sensação de medo e excitação!
E enquanto olhei teus olhos fitando-me,
Sorridentes e em festa,
Calei o som que queria desprender-se de minha boca,
Para ouvir aquele que vinha de meu coração...
Olhei a nossa volta,
As roupas largadas ao redor da cama,
Na mesinha, duas taças,
E em uma delas enciumei d’uma marca vermelha,
Deixada pela tua boca...
Uma nesga de luz flertava teus cabelos, por uma fresta na janela...
Pensei outra vez em nós!
E enquanto te beijava, sem pressa, a tez de tua testa,
Novamente tive certeza, do que é ser feliz...
Entendi mais dos mistérios do amor! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário