segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Saudade de uma paixão



Sinto uma dor tão profunda e minha alma delirar, deixando minha mente tão confusa e o peito a sussurrar. Toda a coragem se afunda como na areia em alto mar. Mas neste pátio tão florido que a natureza me deu roubaste até o sentido de um amor que já foi meu. Não perturbe meu dormir e nem acorde desse desdém.... pois nunca mais 
irei sorrir sem ter você. Pois em meu tribunal, já fui juiz e promotor... absolvi você numa só noite de amor. Sou um homem obedecendo seu encanto, pois seu lirismo a torna sedutora. Olhando a luz do 
candeiro como simples ermitão, a minha saudade aumenta corroendo meu coração. Pois é o destino.... já sem destino, não sei mais o que fazer para conter esta saudade e lágrimas de você meu amor. O homem quando ama é divino, sentindo Deus no coração. 
Talvez um dia a saudade impetuosa venha buscar o amor que trago 
no coração... pois sei que irá encontrar.... o que sinto por você, minha paixão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hoje

Não deixe para amanhã o amor que você pode expressar hoje. O tempo é traiçoeiro… nunca sabemos de antemão, a favor ou contra quem ele con...