terça-feira, 23 de outubro de 2012

Entrega



Quero ter seu corpo e de prazer me enlouquecer, Entregar meu 
calor, na magia da sua sedução, Entre quatro paredes a timidez 
quero esquecer Quero apenas ser a dona do seu coração. 
Queria saber o que sente quando faz poesia. Em teus braços, 
não me sinto triste! Quero sentir o cheiro da sua pele macia, Sei 
que está comigo, mas não acredito que existe. O relógio do seu 
quarto me pede para ficar, Coloca uma música suave para 
animar, Tira minha roupa para se inspirar. Até parece uma 
criança na sua inspiração! Sem querer, começa na minha pele 
rabiscar, Vejo sua alma apaixonada chorar de emoção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário