sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Beijo do Vento



Esta noite tive um sonho cor azul
do mar
E lá estávamos nós
A beira mar, sentados,
calados
Num porto distante daqui
Onde o vento beijava-nos a face
E os barcos aqui e acolá
transitavam em um desfile
sem parar
Era lá, o momento sublime
do novo recomeçar
Era lá, o momento de amar
Amar esse que palavras
não mais poderiam expressar
Era um instante
Uma pausa no tempo
Onde o vento trazia novo alento
E a esperança neste novo recomeçar

Nenhum comentário:

Postar um comentário